ASSEMBLEIA

SINDALESC e AFALESC são favoráveis a reunião dos servidores em um único espaço físico

A Assembleia Legislativa publicou registro de interesse na compra de um prédio nas proximidades do palácio Barriga Verde. O SINDALESC e a AFALESC destacam que a reunião dos servidores, espalhados hoje por quatro prédios alugados, é uma luta antiga das entidades e, se feita de forma planejada, será uma vitória para a instituição. Destaca também a necessidade de se fazer a compra de um local próximo em um processo transparente, planejado e respeitando o valor médio do metro quadrado da região com a avaliação da Caixa Econômica Federal.

Deixar de pagar aluguéis será um ganho para o Poder Legislativo e a união dos servidores em um único prédio trará também economia de despesas de custeio como água, luz e deslocamentos.

Hoje os servidores estão distribuídos em prédios com condições insalubres de instalação, um deles inclusive foi interditado por riscos de desabamento neste ano. As mudanças para prédios alugados nas gestões de 2008, 2010 e 2011 criaram outros gastos além do aluguel como a reforma dos espaços para atender as necessidades do Parlamento e que não são revertidos ao patrimônio público.

Para acompanhar o processo relacionado ao espaço físico, a diretoria do Sindicato compôs uma comissão para avaliação das condições de alocação dos servidores que serão transferidos para o eventual novo imóvel.

Historicamente as instituições de representação dos servidores sempre ficaram a favor da reunião dos trabalhadores em um único local. Essa posição já foi tomada no passado quando anunciadas as intenções de construir o anexo ao Palácio ou comprar outras edificações nas proximidades. Esperamos que agora as intenções se concretizem e saiam do papel.

Foto: Jonas Lemos Campos, Agência Alesc
2 comments

Deixe seu comentário