Loading...
CARREIRA

Administração leva 20 dias para simular proposta do Sindalesc

O Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa (Sindalesc) apresentou em sua primeira reunião com o presidente da ALESC – deputado Aldo Schneider (MDB) – no dia 20 de fevereiro, uma proposta de emenda a Resolução 002 de 2006 aos moldes da já discutida nas assembleias gerais do ano passado. O objetivo é corrigir as falhas da resolução e dar segurança jurídica aos servidores. No dia seguinte (21 de fevereiro), a mando do presidente Schneider, foi encaminhada determinação ao Diretor de Recursos Humanos (DRH) Carlos Antônio Blosfeld para que simulasse o impacto da aplicação da proposta.

Blosfeld levou 20 dias, isso mesmo, você não está lendo errado, VINTE DIAS, para apresentar uma resposta, que a Administração apresentou ao sindicato ontem (12 de março). Paralelo ao estudo do RH, o Sindalesc já se adiantou e havia feito simulações próprias e apresentou contraproposta ainda na segunda-feira. Qual o objetivo de enrolar tanto tempo para fazer uma simulação se com o novo software (SigRH) a Administração dizia que seria mais rápido e fácil fazer esse tipo de serviço? A quem interessa manter os servidores nessa insegurança jurídica? A categoria e o Sindalesc não tolerarão nova enrolação sobre esse tema!

Cabe lembrar que essas mudanças foram prometidas pela própria Administração da Casa durante a gestão anterior para toda a categoria, inclusive durante as Assembleias Gerais.

One comment
  1. Marcelo Lubi

    É uma situação lamentável! Culpa dos próprios deputados que utilizam de meios ” legais” como o termo de cooperação assinado em 2015 com o Governo que lhe dá a oportunidade de contratar 40 servidores, por gabinete, á disposição a ALESC, e com o agravante de receber o vale alimentação desta Casa!

Deixe seu comentário