Loading...
CAMPANHA

Dia Nacional de Combate ao Assédio Moral

A data do dia 2 de maio é lembrada como o Dia Nacional de Combate ao Assédio Moral e sugere que os órgãos da Administração Pública realizem atividades com a finalidade de combater essa prática. Na maioria das vezes, o assédio moral acontece de forma velada, causando revolta e impotência no trabalhador. Além disso, compromete sua saúde física e mental.

PRÁTICAS QUE CARACTERIZAM:

  1. Ignorar a presença do servidor;
  2. Induzir o servidor à falha ou erro;
  3. Sobrecarregar o servidor de tarefas;
  4. Desqualificar constantemente seu trabalho;
  5. Determinar tarefas inúteis ao servidor;
  6. Desconsiderar recomendações de saúde;
  7. Pressionar para que o servidor abra mão de seus direitos.

O QUE O SERVIDOR DEVE FAZER:

  1. Anotar com detalhes todas as humilhações sofridas;
  2. Pedir ajuda de colegas que testemunharam as humilhações;
  3. Evitar conversar com o agressor sem testemunhas;
  4. Trazer provas no sindicato e relatar o acontecido;
  5. Denunciar o agressor ao ministério público;
  6. Buscar apoio junto a familiares, amigos e colegas.

Se você é vítima de assédio moral em seu ambiente de trabalho, não fique calado. Existem inúmeros meios para denunciar e agir contra esse tipo de violência. NÃO FIQUE CALADO! JUNTE PROVAS, PEÇA ORIENTAÇÕES NO SINDALESC E DENUNCIE.

Deixe seu comentário